Total de visualizações

quinta-feira, 23 de junho de 2016

(...) Aquilo foi perturbador. Tinha o peso da pena de um anjo.
O vento me ouvia, a noite ria de mim...
Me faltava um braço, a mão direita e
um pulmão bravo.
Foi como o choro da Cigarra. Fiquei feito um cigarro partido...

Lara Lii
(Saudades, dna Joana Dar'c).

Nenhum comentário:

Postar um comentário